Condomínio Habitacional “Terraços de Cascais”

Condomínio Habitacional Terraços de Cascais

2005 – 2009 | Cascais

Second Baku International Architecture Award – 3rd Place Best Implemented Project in the Architecture of Residential Buidings.

MEMÓRIA DESCRITIVA

Este projeto caracteriza-se essencialmente pelo peculiar desenvolvimento volumétrico da solução proposta, que, seguindo as premisssas da morfologia do terreno em que se insere, articula-se em socalcos. Composta por quatro blocos de habitação, toda a composição é articulada por dois corpos de acessos verticais, volumes puros, cegos, rasgados apenas no contacto com o solo, pelo vidro na superfície de entrada e, na cobertura, pelos óculos que conduzem a iluminação zenital dos níveis superiores ao longo do fosso que atravessa os diversos pisos de habitação até à cota do átrio de entrada no piso térreo.

Estes dois elementos, recuados em relação ao plano periférico das habitações contribuem de modo decisivo para a quebra da continuidade desta superfície que, de outro modo, correria o risco de assumir proporções em absoluto desacordo com a escala e modulação do tecido urbano da envolvente imediata.

Os espaços exteriores daí resultantes, na maioria destinados a terraços privados, valorizam-se de igual forma pelo escalo­namento que os caracteriza. Ao acompanhar a topografia natural do ter­reno, o projeto gera dois pólos de acessos, um em cada extremo da intervenção. A ligação entre estes dois pólos, as entradas pedonais Nascente e Poente, é estabelecida pela criação de um eixo de circulação, escadeado nos seus dois limites e rampeado no seu troço central de ligação entre os átrios térreos dos quatro blocos.

Os “Terraços de Cascais” obedecem a uma métrica precisa determinada pela abertura de vãos no exterior. Essa métrica é transportada para o interior por intermédio de elementos como as cantarias e as diferentes lajes que se prolongam para fora dos limites do edifício. Este rigor levou ao desenho de todo o inte­rior do edifício, nomeadamente móveis de cozinha, móveis de casas de banho, portas e rodapés reforçando a ideia do projeto enquanto um todo.

FICHA TÉCNICA

Data | 2005-2009

Nome | “Terraços de Cascais”

Localização | Cascais

Promotor | Cereja & Associados

Autor | Humberto Conde

Colaboradores | Paulo Figueiredo, Helena Ramos, Leopoldo Calhau, Filipe Ramalho, Joana Catarré

Especialidades | Pedro Novais, Eng.

Paisagismo | Nuno Viterbo

Área Lote | 2.080,00 m2

Área Construção | 2.906,63 m2

Fotografia | Fernando Guerra (FG+SG)

ARTIGO DE REFERÊNCIA
VER VÍDEO

PROJECTOS RELACIONADOS

Condominio Alto Parede

2017 | Alto Murtal

8 Moradias Unifamiliares na Parede

2017 | Parede

Edifício Habitação Senegal

2016 | Senegal

Moradia Unifamiliar em Almada

2016 | Almada

Moradia Unifamiliar em Carnaxide

2015 | Carnaxide - Oeiras

2 Moradias Geminadas na Madorna

2015 | Parede

Moradia em C. Ourique

2014 | Lisboa

Moradia em Cobre

2014 | Cascais

Moradia Belpoente

2013 | Sintra

Edifício R. Aliança Operária 28

2012 | Lisboa

Edifício R. Mercês 2

2011 - 2014 | Lisboa

Moradia Unifamiliar na Parede

2007 - 2012 | Parede

Condomínio Habitacional “Terraços de Cascais”

2005 - 2009 | Cascais

Condomínio 5 Moradias no Estoril

2009 | Estoril

Condomínio 3 Moradias no Estoril

2007 | Estoril

Condomínio Moradias “Quinta Vale Verde”

2002 - 2007 | Estoril

Edifício “Estoril 153”

2001 - 2006 | Estoril

Condomínio Habitacional C. Pequeno

1999 | Lisboa