Edifício R. Aliança Operária 28

Edifício R. Aliança Operária 28

2012 | Lisboa

MEMÓRIA DESCRITIVA

Esta nova intervenção tem como objectivo a criação de um novo edifício que se enquadre dentro da malha existente e que preserve a identidade do local. Procura-se uma completa integração no conjunto urbano, mantendo a modulação de vãos, os pátios existentes abaixo do nível de referência ao longo do alçado principal e os materiais que constituem a imagem geral dos edifícios circundantes.

A proposta prevê a ocupação de toda a largura do lote, por intermédio de um polígono retangular com cobertura de duas águas. Sendo que o acesso apenas se faz pela Rua Aliança Operária, é com esta via que o edifício proposto se relaciona mais directamente, através de uma ponte/passagem, dada a existência de pátios abaixo do nível de referência.

A distribuição do programa e dos fogos na área estabelecida para construção, faz-se no típico sistema de esquerdo / direito, com núcleo de acessos verticais ao centro, devido às dimensões da área afeta. Ao nível dos interiores dos fogos, os mesmos são iguais e simétricos em todos os pisos. Tomando como pressuposto a orientação solar de Norte/Sul dos dois alçados opostos, a distribuição dos espaços interiores torna-se clara: a sala e cozinha integrada, funcionando como um bom open space social é virado a Sul, ligado à frente edificada com mais movimento e vida, e o quarto, espaço mais restrito e de descanso, é virado a Norte, tendo relação com o espaço verde proposto no logradouro. No centro do interior do fogo, surge a instalação sanitária divide e faz a ponte entre os espaços mais sociais e privados da habitação.

Numa intenção de prolongar os espaços interiores para as fachadas, é proposto um jogo de balanços nas mesmas pela materialização de varandas de estética leve, com revestimento que traduza a mesma sensação: constituídas por chapas perfuradas de cor branca, o mesmo material de todas as portadas de ensombramento, deixam passar a luz solar pelas aberturas do material, conferindo um jogo de contrastes no interior da habitação.

FICHA TÉCNICA

Data | 2012

Nome | Aliança Operária 28

Localização | Lisboa

Promotor | SRU Ocidental, Lisboa

Autor | Humberto Conde

Colaboradores | Joana Catarré

Área Lote | 310,94 m2

Área Construção | 576,24 m2

Modelo 3D | Silkroad

PROJECTOS RELACIONADOS

Condominio Alto Parede

2017 | Alto Murtal

8 Moradias Unifamiliares na Parede

2017 | Parede

Edifício Habitação Senegal

2016 | Senegal

Moradia Unifamiliar em Almada

2016 | Almada

Moradia Unifamiliar em Carnaxide

2015 | Carnaxide - Oeiras

2 Moradias Geminadas na Madorna

2015 | Parede

Moradia em C. Ourique

2014 | Lisboa

Moradia em Cobre

2014 | Cascais

Moradia Belpoente

2013 | Sintra

Edifício R. Aliança Operária 28

2012 | Lisboa

Edifício R. Mercês 2

2011 - 2014 | Lisboa

Moradia Unifamiliar na Parede

2007 - 2012 | Parede

Condomínio Habitacional “Terraços de Cascais”

2005 - 2009 | Cascais

Condomínio 5 Moradias no Estoril

2009 | Estoril

Condomínio 3 Moradias no Estoril

2007 | Estoril

Condomínio Moradias “Quinta Vale Verde”

2002 - 2007 | Estoril

Edifício “Estoril 153”

2001 - 2006 | Estoril

Condomínio Habitacional C. Pequeno

1999 | Lisboa